Aquapolo

logo
close library
biblioteca

+recentes

Wastewater reuse applications and contaminants of emerging concern

In response to the escalating problem of water shortage all over the world, treated wastewater is nowadays widely reused and is generally considered as a reliable alternative water...

The Opportunities and Economics of Direct Potable Reuse

Water shortages, the limitations of current water supplies, the impacts of climate change, and new legal definitions of water and water rights are motivating water agencies to expa...

Reúso da água como ferramenta de revitalização de uma estação de tratamento de efluentes

O objetivo deste artigo foi avaliar o emprego do reúso de água como ferramenta de revitalização de uma estação de tratamento de efluentes (ETE). Para comprovação em um caso...

+lidos

Reúso da água como ferramenta de revitalização de uma estação de tratamento de efluentes

O objetivo deste artigo foi avaliar o emprego do reúso de água como ferramenta de revitalização de uma estação de tratamento de efluentes (ETE). Para comprovação em um caso...

The Opportunities and Economics of Direct Potable Reuse

Water shortages, the limitations of current water supplies, the impacts of climate change, and new legal definitions of water and water rights are motivating water agencies to expa...

Wastewater reuse applications and contaminants of emerging concern

In response to the escalating problem of water shortage all over the world, treated wastewater is nowadays widely reused and is generally considered as a reliable alternative water...

AQUAPOLO AMPLIA ATENDIMENTO ALÉM DO POLO PETROQUIMICO DO ABC

Publicado em 17/05/2016

O Aquapolo, maior produtor de água de reúso industrial da América do Sul, iniciou no dia 16/5 o fornecimento de água de reúso ao seu segundo cliente fora do Polo Petroquímico do ABC Paulista: a Bridgestone, maior produtora de pneus do mundo, com planta em Santo André.

O contrato leva à fábrica – que concentra a produção de pneus para máquinas, caminhões, ônibus e veículos industriais e agrícolas –, cerca de 67 mil m³/mês. O número coloca o novo cliente como a quarta maior planta consumidora do Aquapolo dentre as 12 atuais abastecidas.

Ao receber água de reúso, a Bridgestone deixa de usar água potável em seu processo produtivo e contribui para o abastecimento da população do ABC, que sofre com a crise hídrica. “Além de demonstrar a alta competitividade do produto, tem-se a visão estratégica do Cliente, que por meio de um contrato de fornecimento de água de longo prazo, em uma região que sofre com a escassez hídrica, assegura sua produção constante, sem riscos”, explica Marcos Asseburg, Diretor do Aquapolo.

Esse é um resultado positivo sustentável que contribui para manter o setor industrial na região ao mesmo tempo em que ajuda a garantir o abastecimento de água potável à população. A região do ABC é ocupada em grande parte por indústrias e sofre com a escassez hídrica. A disponibilidade hídrica do Grande ABC corresponde a 130 m3/hab/ano enquanto a recomendação da ONU é de 2.500 m3/hab/ano.